Vandalismo em Parque Fluvial gera prejuízo estimado em R$ 15 mil

Parque Fluvial: espaço de lazer convive com atos de vandalismo

Inaugurado há cinco meses, o Parque Fluvial de Pinheiral sofre com o vandalismo que, segundo a prefeitura, já gerou aos cofres públicos um prejuízo estimado em R$ 15 mil. Na área já foram plantadas, por meio do projeto Bosque das Crianças, mais de 10 mil mudas nativas da Mata Atlântica com objetivo de recuperar e preservar a vegetação, prevenir a ocupação desordenada e proteger a margem do Rio Paraíba do Sul. O local, que estava em estado de abandono e era utilizado como lixão, oferece agora ciclovias, pistas de caminhadas, quadra poliesportiva e campo de futebol.

Entretanto, os vândalos parecem pouco se importar com isso. Lixeiras foram arrancadas, cerca de 30 metros quadrados de gramado foram roubados, as mudas e as placas de identificação no Bosque das Crianças chegaram a ser quebradas, e até um incêndio supostamente criminoso foi registrado. Vandalismo é crime com pena de até três anos de detenção.

O secretário municipal do Ambiente e Desenvolvimento Rural, Joaquim Leonardo Valim, acredita em retaliação.

O Parque Fluvial, localizado à Rua Ana Torres, no bairro Parque Maíra, contempla em sua totalidade aproximadamente 80 hectares. A área de lazer aliada à preservação ambiental conta com pista de caminhada e ciclovia e complexo esportivo, com duas quadras de vôlei de areia, uma quadra poliesportiva e dois campos de futebol, sendo um de grama e outro de areia, além de uma rotatória com baia de embarque/desembarque, vagas para motos, ônibus e estacionamento de carros.

Foto: Divulgação Prefeitura de Pinheiral

Nathália Azevedo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Comandante do 28º Batalhão de Polícia Militar fala sobre crise no Estado

qui nov 24 , 2016
Tenente-coronel explicou a rotina dos policiais para driblar a crise financeira e garantir a segurança dos cidadãos A crise financeira que assola o estado do Rio de Janeiro respinga em diversas instituições públicas. Na segurança não é diferente. Faltam recursos e os repasses, quando chegam aos batalhões e delegacias, estão […]

Arquivos

Categorias

Meta