Volta Redonda aplica 2ª dose da Pfizer e CoronaVac em gestantes que iniciaram imunização com a AstraZeneca

Medida é para que mulheres completem o esquema vacinal contra a Covid-19

A Secretaria de Saúde de Volta Redonda aderiu à orientação do Governo do Estado, através do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS), indicando a aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19 – Pfizer ou CoronaVac – em gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) que tomaram a primeira dose da AstraZeneca (Oxford).

A medida é para que essas mulheres completem o ciclo de imunização contra a doença devido a suspensão da fórmula AstraZeneca pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para esse público, após efeitos adversos do componente em grávidas.

A orientação foi emitida para os 92 municípios do Estado do Rio de Janeiro, estabelecendo que as gestantes e puérperas, com e sem comorbidades, que já tenham recebido a primeira dose da vacina AstraZeneca (Oxford), deverão receber 01 dose da vacina Pfizer após o intervalo de 12 semanas da primeira dose da AstraZeneca, para completar o esquema vacinal com duas doses.

As gestantes e puérperas, moradoras de Volta Redonda, que tomaram a primeira dose da AstraZeneca devem procurar a Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do bairro Conforto para terem acesso a segunda dose da vacina Pfizer ou CoronaVac no intervalo estabelecido.

Para que as gestantes, puérperas e lactantes recebam a vacina, deverão apresentar comprovação, tal como o cartão de pré-natal, a declaração do profissional que acompanha a mulher ou criança, a caderneta de saúde da criança, a Declaração de Nascido Vivo, a Certidão de Nascimento ou documento de alta do serviço em que aconteceu o parto.

A secretaria de Saúde esclarece ainda que em caso de gestantes e puérperas, que ainda não tenham sido vacinadas deverão ser vacinadas com vacinas contra a Covid-19 disponíveis pelo Ministério da Saúde, que não contenham vetor viral, tais como as vacinas da Pfizer e CoronaVac.

Em caso de dúvida sobre o risco x benefício da vacinação, as gestantes e puérperas poderão consultar o profissional responsável na unidade de saúde onde faz o acompanhamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Neto Colucci analisa empate do Voltaço com o Ferroviário-CE: ‘Agora é fazer o dever de casa’

dom jul 4 , 2021
Comandante destaca que equipe sentiu o forte calor durante a partida

Arquivos

Categorias

Meta