Rio de Janeiro pode sediar Mundial de Clubes 2021

Com a desistência do Japão em sediar o Mundial de Clubes em 2021, a Fifa avalia as alternativas para realizar o evento previsto para dezembro. Segundo Pedro Paulo (DEM), Secretário de Fazenda e de Planejamento do Rio de Janeiro, a cidade avalia a possibilidade de se candidatar a ser a nova sede do torneio. As informações são do Jornal O Dia.

A Africa do Sul também está interessada na possibilidade de sediar o Mundial.

“A gente acredita que a volta do público com os protocolos sendo seguidos, como o próprio secretário de saúde Daniel Soranz acompanhou, com responsabilidade, é possível voltar de forma ordeira. Não tenho dúvidas de que a estratégia estabelecida pelo prefeito Eduardo Paes e pela Prefeitura, é de retorno responsável não só do Maracanã, como do Engenhão também. E o Rio de Janeiro (fica) aberto para trazer novos eventos esportivos para a cidade. Estamos iniciando as discussões para que a final do Mundial de Clubes possa ser no Rio, à medida que Tóquio abriu mão. Estamos nos movimentando junto ao Flamengo (administrador do Maracanã), à CBF, e também junto à Fifa para que a cidade possa concorrer a sediar a final”, disse Pedro Paulo à “Bandnews”.

O Rio de Janeiro sediou Mundial de Clubes em 2000, e o Corinthians venceu o Vasco na decisão, no Maracanã. Desde então, o torneio organizado pela Fifa foi realizado oito vezes no Japão (2005, 2006, 2007, 2008, 2011, 2012, 2015 e 2016), quatro vezes nos Emirados Árabes (2009, 2010, 2017 e 2018), duas vezes no Marrocos (2013 e 2014), e duas vezes no Catar, nas edições de 2019 e 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Vereador Halisson Vitorino é reempossado em Volta Redonda

qui set 16 , 2021
O Presidente da Câmara Municipal de Volta Redonda, vereador Nilton Alves de Faria, empossou o vereador Halison Silva Vitorino, na tarde dessa quinta-feira,16. De acordo com o Presidente, a Casa Legislativa cumpre uma ordem judicial expedida pela 4° Vara Cível do TJRJ, nos termos da decisão proferida em Agravo de […]

Arquivos

Categorias

Meta