Covid-19: Volta Redonda chega a 70% da população vacinada com duas doses

Terceiras doses de reforço chegam a mais de 2,7 mil aplicações em idosos, profissionais de saúde e imunossuprimidos graves

O município de Volta Redonda atingiu, nesta semana, 70% da população acima de 18 anos vacinada com as duas doses da vacina contra a Covid-19, incluindo a dose única da vacina Janssen. A cobertura de primeiras doses chegou a 103,85% na mesma população, superando a meta do Ministério da Saúde, no Plano Nacional de Imunização (PNI). Os dados foram atualizados na manhã desta sexta-feira, dia 01, pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

O alcance maior que 100% de pessoas com a primeira dose é explicada por dois fatores. Primeiro, pelo fato do Ministério da Saúde fixar a meta de pessoas a serem vacinadas com base em dados do IBGE, que não são exatos. Assim, em geral o público alvo é mesmo maior do que o estipulado. Em segundo lugar, pelo fato de Volta Redonda contar com uma população flutuante grande, com muitas pessoas de outras cidades trabalhando em seu território.

Além da cobertura vacinal de primeiras e segundas doses, o município vem intensificando a terceira dose de reforço para idosos acima de 60 anos, profissionais de saúde, de 50 a 59 anos, e imunossuprimidos graves. O município antecipou a aplicação da dose de reforço no final de agosto, a determinação do ministério previa o início da terceira dose a partir de 15 de setembro. De acordo com a secretaria de Saúde, até o momento, foram aplicadas 2.763 doses de reforço.

Com isso, Volta Redonda já aplicou 216.476 primeiras doses e 148.537 segundas doses, o número inclui a dose única da Janssen. Total de doses aplicadas 365.013. Segundo o coordenador da Vigilância em Saúde de Volta Redonda, médico sanitarista Carlos Vasconcellos, com a chegada de novas remessas de vacinas, a faixa etária dos profissionais de saúde será ampliada gradualmente para dose de reforço.

“No momento conseguimos atingir parcialmente os profissionais de saúde com a terceira dose, iniciamos com a faixa etária de 50 a 59 anos e vamos ampliar no momento da chegada de mais vacinas. Ampliamos a dose de reforço para pessoas a partir de 60 anos e pedimos que os idosos acima de 80 anos compareçam na dose de reforço”, disse o coordenador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

'Investi em Volta Redonda quando todo mundo queria ir embora', revela Mauro Campos em podcast

sex out 1 , 2021
Nesta sexta-feira, 01, tem estreia do mais novo episódio do podcast Sala de Visitas, disponível no canal do Youtube CriaTV Oficial. Rafael Moura conversou com o empresário da construção civil, Mauro Campos. Mauro Campos é um dos mais importantes empresários do ramo da construção civil no estado do Rio, a […]

Arquivos

Categorias

Meta