Ponte dos Arcos, em Barra Mansa, é iluminada de rosa em alerta ao câncer de mama

A Ponte Ataúlfo Pinto dos Reis, mais conhecida como Ponte dos Arcos, que liga o Centro ao bairro Ano Bom, ganhou na noite desta segunda-feira, 04, nova iluminação em tons de rosa. A medida integra a campanha Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama, uma das formas mais prevalentes da doença entre as brasileiras.

Esta é a primeira vez que durante o mês de outubro, a ponte, que é uma das referências do município, é iluminada com o intuito de lembrar sobre a importância do diagnóstico precoce no tratamento e cura da doença.

O prefeito Rodrigo Drable, entusiasmado, se manifestou. “A ideia foi da vereadora Cristina Magno e executada pela Secretaria de Manutenção Urbana. Ficou muito bacana e várias pessoas me mandaram fotos. Mas, o mais importante, é que está chamando a atenção para que as mulheres cuidem da sua saúde”, destacou.

A iluminação, segundo o secretário de Manutenção Urbana, Luiz Vaneli, o Leiteiro, foi realizada por equipes do próprio órgão e utilizou 60 refletores.
 
ACESSO AO EXAME – 
Ao longo do mês de outubro, a Prefeitura de Barra Mansa, através da Secretaria de Saúde, está intensificando as ações de prevenção e combate ao câncer de mama e de colo do útero. No sábado, 23, de 8h às 17h, será realizado o segundo dia D do mês, com a coleta de material para preventivo de colo de útero e encaminhamento para mamografia nas 49 Unidades de Saúde do município. O primeiro dia D ocorreu dia 02. Para o exame é necessária a apresentação do cartão SUS e a identidade (RG).

O secretário de Saúde, Sérgio Gomes, alerta que o câncer de mama é o tumor mais frequente entre as mulheres e a principal causa de morte por tumor no Brasil e no mundo. Segundo projeção do INCA (Instituto Nacional do Câncer), somente este ano mais de 66 mil novos casos devem ser registrados. “Por isso, as mulheres, com 40 anos de idade ou mais, precisam passar por exame clínico das mamas uma vez por ano. Aquelas entre 50 e 69 anos também devem fazer pelo menos uma mamografia a cada dois anos. O diagnóstico precoce é fundamental”.

Ainda de acordo com dados do INCA cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos, como o autoexame, a prática de atividade física e de uma alimentação saudável, bem como o consumo de bebidas alcoólicas.

Com referência ao autoexame, a jornalista da Prefeitura de Barra Mansa Jane Portella, 56 anos, relata a sua experiência. “Em março, em uma apalpação da mama esquerda percebi os nódulos, que surgiram de um ano para outro, já que realizava a mamografia sistematicamente. Isso me alertou sobre a urgência dos exames que possibilitaram diagnosticar a neoplasia maligna, passar pela cirurgia no fim de maio e após a recuperação, iniciar a quimioterapia. Hoje, ainda continuo em tratamento e agradeço imensamente a Deus por continuar viva e com bem estar. Também agradeço a toda equipe de saúde da Prefeitura pela atenção recebida e detalhe: fiz todos os procedimentos pelo SUS. Então, a lição que fica é a de gratidão”, concluiu.

Hospital da Mulher realiza encontro em alusão ao Outubro Rosa

Na manhã desta terça-feira, 05, o Hospital da Mulher de Barra Mansa, iniciou a campanha de conscientização do Outubro Rosa. A ação contou com a palestra realizada por alunas do curso de enfermagem do Centro Universitário de Barra Mansa (UBM) e a participação de enfermeiras da UPA, da Central de Ambulância, do Centro de Covid e da Saúde Mental.

A diretora geral do Hospital da Mulher, Fernanda Chiesse, falou sobre o início da ação. “É muito importante conscientizarmos as mulheres a realizarem seus exames constantemente, e esse movimento que acontece no mês de outubro é uma chance de ajudarmos a melhorar a saúde da mulher no nosso município”.

Fernanda também comentou sobre o trabalho realizado pelo Serviço de Atendimento Domiciliar nesse período. “Durante esse mês estaremos com a equipe do SAD à disposição para atendermos e realizarmos a coleta de cerca de 200 mulheres acamadas que necessitam desse atendimento”, completou.

Ísis Alevato foi uma das alunas da turma de enfermagem do UBM que participou do encontro. “Nós hoje fizemos uma sala de espera com o intuito da conscientizar sobre o câncer de mama e o câncer de colo de útero. Falamos um pouco sobre as formas de prevenção, quais são os fatores de risco, quais são as pessoas que mais tem propensão a ter esses tipos de câncer, e como é importante a mulher ter o autoconhecimento do próprio corpo, a importância do exame da mamografia e do preventivo anual”, concluiu.

Foto : Felipe Vieira / Gabriel

Nathália Azevedo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Volta Redonda inicia nova etapa de cirurgias de catarata

ter out 5 , 2021
Nesta fase estão previstas 280 cirurgias e mais de 400 procedimentos, entre consultas pré-operatórias e revisões pós-cirurgia

Arquivos

Categorias

Meta