Barra Mansa oferece acolhimento para pessoas em situação de rua

As temperaturas não devem passar dos 25°C esta semana na região e, com a chegada do período mais frio do ano, a Prefeitura de Barra Mansa, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, disponibiliza um trabalho de acolhimento e orientação para quem mais precisa.  As ações em prol dos moradores em situação de rua são realizadas no Centro POP e no Abrigo Municipal.

O coordenador do Centro POP, Sérgio Soares de Sena, explica como é feito o atendimento. “Primeiramente, o Centro POP realiza uma avaliação para verificar se o morador de situação se encaixa no perfil para ser encaminhado para o Abrigo. Se ele é munícipe de Barra Mansa, se ele está realmente em situação de rua, há quanto tempo está assim e se não possui familiares na cidade. Atualmente temos mais de 40 pessoas atendidas diariamente na unidade. Eles podem tomar café, tomar banho, trocar de roupa, usar a área de convivência para descansar e dormir, além de regularizar documentos”, explicou Sérgio.

Com o início do período mais frio do ano o trabalho será reforçado em breve com o “abrigo de inverno”. A equipe do Centro POP vai realizar abordagens entre 18h30 e 19h30 nos seguintes pontos: estação ferroviária e na frente do Restaurante Popular, no Centro, e na Praça das Nações, no Ano Bom.

O coordenador do Centro POP acrescenta que mais de 80% do público atendido no local é composto por homens e, caso a população tenha interesse em doar roupas para a estação mais fria, pode se dirigir à unidade, que se situa na Rua Oscar da Silva Marins, nº 52, no Centro. O telefone para outras informações é (24) 3020-0272.

ABRIGO DO MUNICÍPIO

Após triagem realizada pelo Centro POP, os moradores são encaminhados para o Abrigo Municipal Mário Pinguilim. A coordenadora da unidade, Rosângela Nogueira Santana da Silva, destaca: “A maioria dos moradores que está em situação de rua quer sair dessa vida. No mês de abril estávamos com 22 acolhidos. Eles se propuseram a ir para o abrigo para retomar sua vida fora da rua e resgatar o vínculo com os familiares ou pessoas com quem têm vínculo afetivo”.

O trabalho é feito de forma integrada com Centro POP, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), dependendo da do caso de cada morador. “O abrigo passa a ser a residência temporária deles. Nós trabalhamos a autonomia de cada um até haver o momento de desacolhimento. Antes de estarem na rua eles tinham uma vida, emprego. Este ano nós já tizemos alguns exemplos bem sucedidos, como o de um senhor de 61 anos. Através de pesquisa nós conseguimos verificar que havia uma reserva financeira e um terreno em seu nome. Dessa forma foi possível construir uma casa no bairro Vista Alegre onde hoje ele mora atualmente”.

O Abrigo Municipal fica localizado à Rua São Vicente de Paula, n°508, no bairro Siderlândia. Outras informações podem obtidas pelo telefone (24) 99844-0095.

Foto 1: Chico de Assis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Mobilidade Urbana: construção de novas calçadas avança em Volta Redonda

seg maio 16 , 2022
A instalação de novo calçamento pelas ruas de Volta Redonda inicia mais uma etapa nesta semana. Dentro da relação de obras do Plano de Mobilidade Urbana que está sendo executado pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura, a revitalização das calçadas avança para um novo quarteirão do bairro […]