Volta Redonda contará com biblioteca para deficientes visuais

Anúncio ocorreu durante a entrega de duas bíblias em braile doadas pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB)

O prefeito Antonio Francisco Neto anunciou na manhã desta quarta-feira (1º) que Volta Redonda contará com uma biblioteca para deficientes visuais. O local ficará na Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD), no bairro Aterrado. O anúncio ocorreu durante a entrega de duas bíblias em braile doadas pelo coordenador de projetos sociais da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, Dani Paes.

“Estamos adquirindo bíblias e outros materiais que possam compor a biblioteca do deficiente visual. Vamos fazer uma biblioteca o mais rápido possível. Queremos inaugurá-la no aniversário de Volta Redonda, dia 17 de julho, na sede da Secretaria da Pessoa com Deficiência. Nós queremos garantir e fazer acontecer a acessibilidade no município. O aniversário de Volta Redonda vai ser o da inclusão. Será uma grande festa”, adiantou Neto.

A visita de Paes foi intermediada pelo coordenador do Banco da Cidadania, Fernando Martins. Junto das bíblias, serão entregues outros materiais em braile produzidos pela SBB, como o SUAS (Sistema Único de Assistência Social) e o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

“Trabalhamos com o projeto ‘Acolher a Pessoa com Deficiência Visual’, que busca levar acessibilidade e materiais que o cego possa ter acesso, a qualquer momento em que ele tenha vontade de ler. Desta forma atendemos um apelo da Escola Municipal Hilton Rocha, que nos pediram há seis anos bíblias em braile, mas não podemos atender na época. Hoje estamos realizando este sonho para que toda a pessoa com deficiência possa ter acesso a hora que ele quiser, sem depender de ledores. E isso nos motiva”, afirmou Dani Paes.

O secretário municipal da Pessoa com Deficiência, pastor Washington Uchôa, celebrou o anúncio da biblioteca inclusiva e destacou que este será mais um dos avanços conquistados pelo governo Neto.

“O prefeito Neto é uma pessoa muito sensível à causa da pessoa com deficiência e isso se mostra nos avanços que já tivemos. Tem tudo a ver com aquilo que já começamos com o sinal sonoro. Quando o cego foi lá, colocou a mão e sentiu em braile que poderia atravessar, isso já é uma inclusão”, finalizou.

Estiveram presentes também na reunião o assessor especial da prefeitura, Deley Oliveira, Fernando Martins e o secretário municipal de Cultura, Anderson de Souza.

Fotos: Geraldo Gonçalves/Secom PMVR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Voltaço vence Sampaio Corrêa-RJ e mantém liderança isolada da A2

qua jun 1 , 2022
Com gol de Bruno Santos, o Volta Redonda vence o Sampaio Corrêa-RJ por 1 a 0 e termina a primeira fase da Taça Santos Dumont invicto e na liderança isolada da classificação geral. Na semifinal, o Esquadrão de Aço irá enfrentar o Olaria e, por ter melhor campanha, jogará em […]