VR: Cláudio Castro e Neto inauguram sede do ‘Operação Segurança Presente’

O governador Cláudio Castro e o prefeito Antônio Francisco Neto inauguraram nesta quinta-feira, dia 2, em Volta Redonda, a 39ª base da Operação Segurança Presente – programa estadual que tem o objetivo de promover ações de segurança pública, cidadania e atendimento social. O lançamento oficial aconteceu na sede do programa, localizada na torre que abrigava o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), na Praça Brasil, Vila Santa Cecília. A solenidade contou com a presença de equipes dos governos municipal e estadual, prefeitos, deputados, vereadores, entre outras autoridades.

Durante o lançamento do programa, o governador Cláudio Castro lembrou e deu detalhes do primeiro encontro que teve com Neto. “O Neto naquele dia estava triste, pelo o que fizeram com a cidade que ele tanto ama. Uma feição de arrasado. E a partir daquele dia ele se tornou uma referência para mim. Prefeito eleito por cinco vezes de uma cidade como Volta Redonda não é para qualquer um, e mesmo assim ele não perdeu a capacidade de sentir a dor do outro. É saber que a dor do outro importa. Naquele dia fiz um pacto de que ia ajudar Volta Redonda”, disse.

Castro frisou que Volta Redonda é um importante município do estado, mas que se encontrava em uma situação de total abandono, assim como o Rio de Janeiro.

“Quando assumi o governo, tínhamos um déficit de R$6,2 bilhões, sem conseguir pagar os salários dos servidores pelos próximos dois, três meses e nem 13º salário. Uma situação calamitosa. Hoje o estado do Rio de Janeiro é outro. Ano passado foram 73 mil novas empresas abertas e o 3º estado do país que mais gerou empregos. Os menores índices de criminalidade dos últimos 10 anos. O policial voltou a ser respeitado. O Rio de Janeiro voltou a ser respeitado. É um estado novo, tanto para se morar quanto para empreender. Hoje, somos o estado da união, sem ego. E tudo isso é fruto de muito trabalho e vontade, graças ao apoio dos prefeitos, secretários e vereadores”, enfatizou.

O prefeito Neto agradeceu a parceria do governador Cláudio Castro e os investimentos na melhoria da qualidade de vida da população de Volta Redonda. O chefe do Executivo municipal destacou a integração entre as forças de segurança municipal e estadual para que a implantação do Segurança Presente se tornasse realidade.

“Volta Redonda estava no fundo do poço e o governador Cláudio Castro nos ajudou a resgatar. Você, governador, tem sido o maior parceiro da história de Volta Redonda. Gratidão não prescreve. E eu, em nome da população da cidade, te agradeço. Somos muito gratos por tudo o que tem feito”, disse Neto, entregando uma placa de agradecimento a Castro, junto com uma camisa do Voltaço e pedindo uma salva de palmas ao chefe do Executivo.

Programa Segurança Presente

Inicialmente, o reforço na segurança prevê 17 policiais diários, seis motos, dois carros e uma van. De acordo com o Governo do Estado, o programa Segurança Presente reforça um modelo de policiamento de proximidade e em complemento à atuação rotineira da Polícia Militar. Ele é voltado principalmente para regiões turísticas e comerciais, justificando a escolha pelos pontos que serão atendidos.

O coronel Marcelo Malheiros, comandante do 5° CPA (Comando de Policiamento de Área da Polícia Militar) citou mais esse avanço na área da segurança pública.

“O programa Segurança Presente é mais um avanço da Polícia Militar, junto com a Secretaria de Governo do estado. O governo estadual está trazendo vários avanços para a região Sul Fluminense e esse é mais um. O Segurança Presente vai contribuir para que mantenhamos um patamar de tranquilidade e níveis aceitáveis de criminalidade. Hoje eu tenho certeza que este projeto será um reforço para a segurança da cidade”, disse.

Reforma e tecnologia

Para a implantação do Segurança Presente em Volta Redonda, o espaço da sede passou por reformas estruturais e recebeu equipamentos tecnológicos como televisores, cabos de fibra óptica, entre outros.

A sede é estratégica e contará com acesso a 102 câmeras de segurança: 80 na Vila Santa Cecília e 22 na Amaral Peixoto. Desta forma, as equipes que ficarão nas ruas estarão em permanente contato com a central de imagens.

A cidade está recebendo mais de mil novas câmeras e que todos os bairros serão contemplados, do Centro até as regiões mais periféricas da cidade. Deste total, cerca de 400 equipamentos já foram instalados e 100 já começaram a funcionar ativamente. Todas as câmeras estarão integradas ao Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública), mas as 100 primeiras terão o diferencial de fornecer imagens também ao programa estadual Segurança Presente.

“Nós sabemos que o Segurança Presente é um projeto de qualidade, que tem trazido muito resultado em cidades nas quais ele está atuando, e em Volta Redonda não será diferente, até porque vão ocupar dois centros comerciais importantes. O município disponibilizou 100 câmeras, das quais auxiliarão na tomada de controle da região. Integrada com as outras forças, Batalhão da Polícia Militar, Guarda Municipal, Polícia Civil, sem dúvidas será um sucesso”, projetou o secretário municipal de Ordem Pública (Semop), tenente-coronel Luiz Henrique Barbosa.

O município também está em processo adiantado para implantação do Proeis (Programa Estadual de Integração na Segurança, que são agentes da Polícia Militar que trabalharão no reforço do policiamento e nas ações inerentes à ordem pública, beneficiando outros dois importantes centros comerciais: bairros Aterrado e Retiro.

Fotos: Cris Oliveira – Secom/PMVR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Barra Mansa deve fazer mudanças para as próximas edições do 'Domingão de Compras'

qui jun 2 , 2022
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Barra Mansa, Bruno Paciello, esteve reunido na quarta-feira, 2, com o comandante da Guarda Municipal, Paulo Sérgio Valente. O objetivo do encontro foi criar um plano estratégico de melhoria para as próximas edições do Domingão de Compras, que devem acontecer nos […]