Homem morto a tiros em BM tinha passagens na polícia por furtos; Tiro na mão indica motivação do homicídio


TICO BALANÇO – Sacode Polícia

O sanhaço rolou em plena manhã de ontem, na Rua Duque Antônio de Paiva, em Barra Mansa, via que liga o bairro São Domingos à rodovia Engenheiro Alexandre Drable (Barra Mansa x Bananal), onde o Júlio César Rodrigues Silva, de 29 anos, foi executado a tiros. Segundo um morador, o homicídio teria acontecido por volta das 7h. A vítima levou cinco técos, sendo dois no globo, um no pescoço, um no peito, e um na mão. Esse tiro na mão, como de praxe, pode indicar a atuação no homicídio de ‘’justiceiros’’, que buscam punir criminosos que cometem furtos ou roubos em áreas demarcadas como proibidas.


Segundo a polícia, Júlio tinha várias passagens na delegacia por furtos. No dia 21 de março deste ano, nós registramos no ‘’Sacode Polícia’’ a prisão dele após o mesmo furtar o celular de um idoso no bairro Saudade em Barra Mansa. A prisão foi efetuada na Avenida Três de Outubro, no Jardim Boa Vista, pelos cabos da polícia militar, Túlio e Victor, após a dupla analisar imagens de câmeras de segurança. Na ocasião, Júlio César havia informado que teria vendido o celular para um elemento no bairro Roberto Silveira. O receptador foi localizado e detido também. Tá tudo anotado no livrão da 90ª DP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro é preso em operação da PF

qua jun 22 , 2022
A Polícia Federal prendeu na manhã desta quarta-feira (dia 22) o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro. Além dele, o pastor Gilmar Santos também foi detido. Eles são suspeitos de envolvimento em um suposto esquema de corrupção dentro do Ministério da Educação e de desvio de verbas do FNDE (Fundo Nacional […]