Homem encontrado morto no Complexo da Maré é morador de Barra do Piraí

Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital, (DHC), investigam a morte de Tarsis Figueiró Roberto de Carvalho, de 26 anos, que teve o corpo encontrado em uma estrada no Rio de Janeiro.

De acordo com a Polícia Civil, o exame de papiloscopia indicou que o cadáver encontrado no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, é mesmo de Tarsis, morador do bairro Santo Antônio, em Barra do Piraí

Segundo relatos, a última vez que a vítima teve contato com amigos e familiares foi no último dia 12.

Até a última atualização, o corpo de Tarsis permanecia no Instituto Médico Legal, (IML), aguardando a presença de familiares para reconhecimento e liberação. Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento.

Ainda de acordo com informações da polícia, a vítima tinha passagens por tráfico de drogas e associação criminosa. Atualmente estava cumprindo pena em regime aberto. Antes de ser assassinado, ele teria sido torturado por traficantes depois de uma sessão conhecida como “Tribunal do Tráfico” ocorrida na favela Nova Holanda, por supostamente trair a facção criminosa que teria feito parte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Barra Mansa segue com vacinação contra Influenza e Covid-19 nesta quarta-feira

ter jul 19 , 2022
Doses contra gripe estão liberadas para moradores a partir de seis meses de idade; quarta dose contra o coronavírus está disponível para imunossuprimidos a partir dos 18 anos ou pessoas com 40 anos ou mais