Delegacia da Polícia Judiciária Militar é inaugurada em Volta Redonda

Unidade especializada será responsável pelos crimes militares do Sul Fluminense e receberá 44 PMs

A 5ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) foi inaugurada nesta quinta-feira, dia 28, em Volta Redonda. A sétima unidade especializada do Estado do Rio de Janeiro, responsável pelos crimes militares do Sul Fluminense, ficará situada na Rua General Silvio Raulino de Oliveira, número 139, no bairro Ponte Alta. A equipe será composta por 44 policiais militares.

A nova sede da DPJM, que antes funcionava dentro do 10º Batalhão de Polícia Militar de Barra do Piraí, foi cedida pela Prefeitura de Volta Redonda, que também auxiliou nas obras de adequações e modernizações necessárias.

“Estamos sempre as ordens para que a DPJM cumpra o seu papel. É muito importante para Volta Redonda ter mais um aparelho militar, que irá contribuir ainda mais para a segurança na nossa cidade”, afirmou o vice-prefeito de Volta Redonda, Sebastião Faria, que participou da inauguração da nova unidade.

O subsecretário de Gestão Operacional da Polícia Militar Estadual do Rio de Janeiro (PMERJ), coronel PM Rogério Quemento Lobasso, ressaltou a importância da parceria com a Prefeitura.

“A segurança pública não se faz só com a Polícia Militar, mas sim com vários atores e a participação da Prefeitura é muito importante neste processo. As instalações foram cedidas pela Prefeitura, assim como toda a reforma, e é muito importante termos a 5ª DPJM em instalações adequadas como estas, para que possamos desenvolver o trabalho da corregedoria também aqui na região Sul Fluminense”, disse.

O chefe da 5ª Delegacia de Polícia Militar Judiciária Militar, tenente-coronel PM Luís Claudio de Araújo Silva, destacou que junto com a DPJM haverá também um aumento do policiamento, já que viaturas operacionais vão circular 24h em toda a região e, principalmente, em Volta Redonda. Isso tudo vai garantir um melhor atendimento à população.

“Muitas denúncias, mais especificamente de Volta Redonda, que é a maior cidade da região, eram deixadas de ser feitas por conta da distância, já que a antiga DPJM ficava em Barra do Piraí. Agora, a facilidade de chegar aqui é muito maior e acredito que a demanda aumente. Com isso, teremos um reflexo na finalidade da DPJM, que é um braço da corregedoria”, destacou Claudio, que ainda elogiou as instalações da delegacia.

“As instalações estão perfeitas em comparação da de Barra do Piraí. A prefeitura deu todo o apoio, no sentido de agilizar o processo e também nas obras e modificações do ambiente. Então, foi melhor para o município e também para a gente pelas condições de trabalho”, completou.

Local estratégico

O corregedor geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Renato Assis Ferreira, explicou que a vinda da 5ª DPJM para a região do Sul Fluminense e da Costa Verde é fundamental dentro da integração com o poder público municipal e estadual, além de ter sido também uma recomendação do secretário de Estado da PMERJ, coronel Luiz Henrique Marinho Pires.

“A vinda da DPJM para a região tem uma grande importância para o Estado do Rio de Janeiro, tanto na parte histórica, como na escolha estratégica de Volta Redonda, em função da malha rodoviária, ao qual teremos uma mobilidade maior. Desta forma, atendendo as demandas quando envolver a situação de desvio de conduta dos policiais, trazendo mais segurança para a região, a melhoria da nossa imagem institucional e o apoio aos órgãos de Segurança Pública municipais e estaduais, junto ao comando do 28º Batalhão de Polícia Militar de Volta Redonda” afirmou.

O secretário de Ordem Pública, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, ressaltou que a DPJM terá acesso também às informações do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) para auxiliar nos trabalhos.
“Interagir sempre com as forças de segurança, para que possamos agregar tudo aquilo que nós podemos apoiar, principalmente a Polícia Militar. Sabemos das atribuições da DPJM, mas entendemos que um aparelhamento da PM, com 44 policiais a mais, acaba gerando mais pertencimento, consegue irradiar mais policiamento e, logicamente, apoiar os policiais militares nas suas ações diárias”, ressaltou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

<strong>Novas famílias de Barra Mansa são beneficiadas pelo Auxílio Brasil</strong>

qui jul 28 , 2022
Calendário de pagamentos será antecipado no mês de agosto; valor mínimo passa a ser R$ 600. A Prefeitura de Barra Mansa, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, já disponibilizou a relação das mais de 1.200 novas famílias contempladas pelo programa Auxílio Brasil, no mês de agosto […]