Volta Redonda alcança 1º lugar no estado no programa Juventude Empreendedora 2021

A prefeitura de Volta Redonda, através da Coordenadoria Municipal da Juventude, alcançou o primeiro lugar no estado do Rio de Janeiro em números de inscritos no programa Juventude Empreendedora 2021. A segunda edição do projeto, promovido de 24 a 28 de maio pelo Conjuve (Conselho Nacional da Juventude) e seus parceiros públicos e da iniciativa privada, teve como objetivo capacitar jovens de 17 a 29 anos de idade a identificar oportunidades e empreender.

Durante o programa os inscritos têm aulas online de gestão financeira, pesquisa de mercado e produtos, projeção de vendas, fluxo de caixa e um guia prático de como sobreviver, vencer as dificuldades, superando a crise da pandemia.

A captação de jovens de Volta Redonda chamou atenção dos organizadores e ganhou o reconhecimento da Besouro – Agência de Fomento Social. Em documento assinado pelo presidente da Besouro, Vinicius Mendes Lima, e o diretor de Operações, Vitor Rocha, da filial norte de Palmas, Tocantins, destinada à coordenadora municipal da Juventude, Larissa Garcez, eles destacaram a participação dos jovens de Volta Redonda na busca por oportunidades no mercado, através da busca pela qualificação nos cursos gratuitos.

“Com tamanha alegria comunicamos que o Programa foi um sucesso. O mesmo obteve mais de 39.000 jovens inscritos, e destes, 765 foram inscrições do Rio de Janeiro. Em comparação ao ano de 2020, onde o Estado do Rio de Janeiro obteve 53 inscritos, percebemos o crescimento de 1.343,40%”. Ressaltamos a importância da Coordenadoria de Políticas Públicas para Juventude através de vossa Senhoria. O município obteve 282 inscritos no Programa Juventude Empreendedora, número este superior ao da capital (que foi de 127 inscritos) e corresponde a aproximadamente 23% dos jovens inscritos no estado do Rio, que possui 92 municípios”, enfatizou a carta.

A Besouro se identifica como uma organização privada de interesse público em que o capital entregue é o intelectual, pautado pelos valores sociais de inclusão e bem-estar e que vê na parceria público e privada um caminho para o atendimento das exigências sociais, segundo a direção da organização.

No ano passado, cerca de 10 mil jovens de 1.119 cidades no país participaram do Programa Juventude Empreendedora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Em momentos opostos, Flamengo e Fluminense se enfrentam

dom jul 4 , 2021
São Paulo recebe clássico carioca.