Polícia Civil faz mega operação, detém 13 suspeitos e apreende drogas e armas

12/4/2017

A Operação Toronto II, deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira, dia 12, deteve 13 suspeitos dos 18 mandados, entre prisões e apreensões. Também foram expedidos 30 mandados de busca e apreensão e apreendidos 1,2 mil pinos de cocaína, tabletes da mesma droga, 30 trouxinhas de maconha, balança digital, três revólveres calibre 38, duas escopetas calibre 12, além de munições. Coordenada pelo delegado titular de Volta Redonda, Eliezer Lourenço, a ação aconteceu no distrito da Califórnia, em Barra do Piraí, e nos bairros Nova Primavera, Vila Rica e Dom Bosco, em Volta Redonda.

 

Durante a operação, dois fatores chamaram a atenção da polícia. Um dos presos estava com a cabeça raspada marcando a sigla ‘DM’. Especula-se que as letras seriam as iniciais do nome de Diego Marcelo Rodolfo da Silva, de 29 anos, morto no último domingo, no Dom Bosco. Outro caso que também espantou os agentes é que a residência de um homem que já está preso por tráfico era totalmente monitorada por câmeras de segurança. A polícia acredita que o criminoso tenha acesso às imagens de dentro do presídio.

 

A Operação Toronto II faz parte de um conjunto de investigações que começaram em julho do ano passado com o assassinato de Felipe do Nascimento Rodrigues, de 16 anos. Ele foi espancado por cerca de 20 garotos nas proximidades do Colégio Professor Manuel Marinho, na Vila Santa Cecília. O motivo seria uma disputa por pontos de tráfico.

 

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Share on Facebook
Please reload

Please reload

© 2023 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com